domingo, 13 de julho de 2008

I ENCONTRO A DISTÂNCIA - Reflexão do texto Objetos Virtuais de Aprendizagem: Ação, criação e conhecimento (Walter Spinelli) Turma 8

De acordo com Walter Spinelli, um objeto virtual de aprendizagem pode se constituir numa situação favorável para o aluno chegar ao cume da pirâmide informacional, criada por Machado. Tendo em vista os argumentos de Spinelli para esta afirmação, reflita sobre outras situações de aprendizagem que você vivenciou que tenham proporcionado efeito semelhante. Compartilhe suas reflexões com o seu grupo, aqui no blog.

13 comentários:

JOSÉ LÁZARO G. DE BESSA disse...

Os alunos trazem para sala de aula vivência do seu cotidiano. São muitos dados e um leque de informações vistas, que mesmo não sendo depurados por esses alunos, acabam gerando conhecimento. Cabe ao professor em sala de aula, sistematizar os dados e as informações vivenciados no dia-a-dia dos alunos para concretizar o conhecimento adquirido e estabelecer diretrizes para novos desafios. É necessário estabelecer ligações entre os conteúdos trabalhados usando a interdisciplinaridade, buscando respostas críticas, compreensivas e adequadas à realidade vivida.
Com os recursos tecnológicos que a humanidade alcançou, especialmente computador e internet, vieram novas situações de aprendizagem com atividades interativas, em forma de objetos de aprendizagem, que permitem a experimentação de fenômenos diversos por meio da simulação e animação, mobilizando estratégias mentais que desenvolvam a imaginação e a criatividade dos alunos facilitando o ensino-aprendizagem,ampliando a dimensão de possibilidades para o desenvolvimento da capacidade criativa dos estudantes, levando-os ao topo da pirâmide informacional.
Mensiono as experiências feitas na nossa Escola Estadual 12 de Outubro em Rodolfo Fernandes/RN na FACUC (Feira Anual de Ciências), onde os alunos com orientãções dos professores realizam vários trabalhos, partindo da leitura de dados, pesquisas e informações, que analisadas, compreendidas e organizadas, buscam novos desafios na construção e utilização de novas idéias, que elaboradas por eles próprios, são apresentadas para a comunidade local. É muito valioso o aprendizado e criatividade usada nos projetos que só enriquecem a inteligência dos alunos para o seu próprio desenvolvimento.

DAPAZ disse...

com base ba leitura do texto de spinelli perseb-se de forma clara a preocupação do autor com as situações de aprendizagem . o mesmo mostra que apesar de toda preocupação do professor em sistematizar suas aulas realizando atividades diferenciadas, na verdade se comparada a tradição escolar anterior tivemos um avanço significativo na tentativa de trazer conhecimentos para a realidade " vivencial" do aluno.mas que na verdade se faz necessário o professor adaptase ao diferenciado contexto escolar modificado em função do avanço da tecnologia da informação.
Nossos alunos hoje veêm a escola com uma quantidae de informação maior do que antes, muito enbora a maior parte dessas informação não tem sido absorvida de forma corretá, por essa razão não garante a base mais solida para a contrução do conhecimento em situações escolares, aumentando o desafio dos professores.
Machado (2002) nos mostra sua pirâmide informacional para apresentar suas ideias sobre como aprender algums termos que rodeiam atualmente as concepções atualmente.
No patamar inferrior da pirâmide, estão os dados que serve para nos conduzir ao próximo patamar, o das informações. segundo machado (2002), informação já são dados e analizados, processados e articulados (...)
As informações são apenas a base, não peritindo que a escola adote para o desenvolvimento completo de suas atividades educativas.
partindo das leituras dos dados , geramos informação: da informação, analizando-as, criticando-as, relacionando-as contruimos conhecimentos:é pre preciso PROJETAR. Essa tarefa está resguardada ao último patamar da pirâmide, o mais elevado, o da inteligência. A capacidade inteligente do ser humano seria, assim a capacidade de projetar. Nas palavras de Machado ( 2002)
Na verdade sabemos que os objetos virtuais de aprendizagem tem suas vantagens quando os instrumentos tecnológicos são usadas de maneira inteligente, possibilitando a aplicação do campo de desenvolvimento da capacidade criativa dos estudantes.por outro lado há também uma série de criticas ao seu uso indiscriminado, quando reconhecemos a limitação do computador sob o ponto de vista cognitivo imposibilitando uma maior mobilização de estratégias mentais.

LIRACI disse...

Exatamente pelo caráter sedutor que as novas mídias possuem e por estas despertarem atenção, curiosidade e constituírem, na atualidade, uma ferramenta significativa de trocas, é que a escola não deve estar distante desta realidade. Deste modo, estas novas mídias digitais têm motivado modificações na maneira como os indivíduos se comunicam, se relacionam e, inclusive, aprendem. Para delinear a noção de aprendizagem utilizada neste discurso, podemos dizer que a interatividade é o fio condutor das novas mídias.
A agilidade nas consultas e respostas dos seus sistemas propiciam condições técnicas infra-estruturais para uma comunicação muito mais interativa do que as experiências anteriores. Portanto, cria-se uma probabilidade de intercâmbio simultâneo de um número muito maior de comunicantes, e conseqüentemente o favorecimento ao exercício da criatividade a partir das trocas de conhecimentos característicos da criação de objetos virtuais que exigem um certo grau de entendimento e estimula o desenvolvimento das capacidades pessoais.

RAILDO disse...

Spinelli deixa claro que um avanço significativo na tentativa de trazer o conhecimento para realidade do aluno. Apesar disso o processo de aprendizagem não tem alcançado o efeito desejado, pois as praticas pedagógicas tem se tornado repetitivo e não estão levando em considerações as mudanças ocorridas pelo avanço tecnológico da informação.
Defende a idéia de usar objetos virtuais para alcançar o topo da pirâmide informacional criada por Machado, apresentando os cuidados que devem ser tomados, uma vez que a quantidade de informações é muito grande e a maior parte dessas informações não passam por uma análise critica, apresenta também as vantagens da utilização desse tipo de recurso mostrando que a escola não está isolada de processos sociais mais gerais.
È importante lembrar que esse tipo de ferramenta não deve substituir outros métodos de pesquisas deve ser visto como um recurso a mais, que venha contribuir para a formação de uma consciência plenamente desenvolvida.

cledson lima disse...

A vivência do nosso aluno com novas tecnologias faz com que nós, professores, tenhamos a necessidade de nos capacitar todos os dias.O texto nos mostra as várias formas de como desenvolver novos meios metodológicos para chamar a atenção dos alunos.Faço um paralelo com Spinelli onde procuro diversificar minhas aulas no laboratório de informática indicando sites úteis para os meus alunos.O mundo virtual estar ao nosso inteiro dispor,basta ter criatividade e explorá-la.

Anônimo disse...

Com base no texto de Spinelli é possível perceber que os professores planejam suas atividades de diversas maneiras, objetivando alcançar a aprendizagem. Porém o texto faz uma reflexão sobre o contexto que está inserido (alunos), cabe ao professor trabalhar a partir das informações que os alunos demonstram para que as aulas proporcionem significado, ou seja, o conhecimento e a inteligência possam buscar a ampliação dos conceitos e a construção do seu entendimento. Nesse sentido é preciso ressaltar também a liberdade que o homem tem para criar, transformar e organizar o pensamento crítico. Daí a ação do professor projetar suas atividades através de objetos virtuais de aprendizagem com o compromisso de torná-lo algo estimulante e relevante para desenvolver o potencial criativo e intelectual que cada estudante possui.

Fátima Feitosa disse...

Com base no texto de Spinelli é possível perceber que os professores planejam suas atividades de diversas maneiras, objetivando alcançar a aprendizagem. Porém o texto faz uma reflexão sobre o contexto que está inserido (alunos), cabe ao professor trabalhar a partir das informações que os alunos demonstram para que as aulas proporcionem significado, ou seja, o conhecimento e a inteligência possam buscar a ampliação dos conceitos e a construção do seu entendimento. Nesse sentido é preciso ressaltar também a liberdade que o homem tem para criar, transformar e organizar o pensamento crítico. Daí a ação do professor projetar suas atividades através de objetos virtuais de aprendizagem com o compromisso de torná-lo algo estimulante e relevante para desenvolver o potencial criativo e intelectual que cada estudante possui.

Anônimo disse...

A tecnologia computacional tem potencial de desenvolver habilidades cognitivas gerais em muitas áreas curriculares, desenvolver novos, e possivelmente, melhores meios de ensino e aprendizagem. A relevância dos computadores é destacada pela capacidade de controle, a habilidade de apresentar, receber, processar e gerenciar informações, atributos estes, que se assemelham às representações e processos envolvidos na aprendizagem humana. Este, em constante interação com o meio ambiente, "aprende" a ser sujeito de sua própria aprendizagem dado que estímulos aos seus esquemas mentais ajudam a elaborar e reelaborar suas tentativas de resolver situações.
Refletindo como uma situação de aprendizagem, posso citar uma viagem de campo para visitar a barragem de castanhão na cidade de Jaguaribara-CE. Na oportunidade foi explorada a interdisciplinaridade, em matemática os alunos pesquisaram assuntos como capacidade do reservatório, a quantidade de litros da vazão das comportas, extensão da barragem e o projeto em maquete da nova cidade. Aspectos relativos à vegetação e os tipos de rochas daquela localidade também foi estudado. Para o ensino, percebe-se a importância da investigação em torno do pensar sobre o pensar, a compreensão do aspecto cognitivo capaz de instrumentar o professor na sua tarefa de facilitador no processo de ensino e aprendizagem junto ao aprendiz.

Maria Aparecida Nunes disse...

O texto mostra, a importância da utilização de todos os recursos didaticos na aplicabilidade das atividades. Que o professor seja um orientador, facilitando o uso em proporções certas para o desempenho no desenvolvimento das competências de seus educandos em situações de aprendizagem.
a situação de aprendizagem vivenciada; ocorre todo ano na Escola Estadual 12 de Outubro - Ensino Fundamental e Médio, onde trabalho.´
É um projeto interdesciplinar que proporciona incentivar a criatividade dos educandas a FACUC - Fiera de Amostras Culturais e Cientificas, que em 2007 teve como tema: a mesorregião do Oeste Potiguar em destaque.

* Os dados
A fauna e a flora, a cultura, a economia, religião, turismo, os 1° povos, etc.

* As informações:
Através pesquisas em livros, jornais, internet, aulas passeios como: visitas a museu, teatro, salinas, Lajedo da Soledade, barragem de Santa Cruz, Martins, Porta Alegre, etc.
* O conhecimento
A construção do conhecimento veio quando as informações foram analisadas, avaliadas, relacionadas e organizações em sistema.
* A inteligência:
Quando os alunos com muita criatividade apresentaram os seus trabalhos, através: Peça de Teatro, Maquetes, Murais, Paródias, Filme e danças e demostrações de frutas e comidas típicas da região.
Toda a produção feita pelos nossos alunos.

jocilene gurgel pinheiro disse...

Concordo com Walter Spinellis que uma vivência com a tecnológia enriquece bastante o conhecimento dos alunos, principalmente no momento em que eles estão criando suas próprias situações-problemas, onde possam argumentar com varias tentativas de respostas, chegando a conclusões possivéis a respeito das mesmas.para isso, nada melhor que o compudador, pois torna o estudo prazerozo e atrativo.
Leciono na Escola Estadual Professor Antonio Dantas em Apodi e tive oportunidade de participar de um projeto interdisciplinar, sobre o uso de drogas no Brasil.Fiz com meus alunos um levantamento estatístico das drogas quanto ao:tipos mais usadas, usuário por sexo, grau de escolaridade, idade, raça, penalidade, número de traficantes por nacionalidades. Os mesmos, ficaram maravilhados ao encontrarem diversas informações contidas na internet, em diferentes sites pesquisados por eles, no qual tiveram uma apredizagem significativa, tornando-os mais concientes sobre o prejuiso que as drogas causam nas nossas vidas.Para socializar estes conhecimentos com a comunidade escolar construíram diferentes tipos de gráficos e tabelas.
Para minha pessoa, foi uma esperiência muito gratificante, pois, percebi que utilizando os recursos tecnológicos, disperta a curiosidade e o interesse dos alunos sobre os conteúdos estudados.
Até o próximo encontro. Tchau!

joaoalcimar disse...

João Alcimar

Os critérios que os professores organizaa e desenvolvem seus planejamentos devem ser determinados mediante as necessidades de aprendizagem dos educandos.
O autor do texto Spinelli apresenta inúmeros recursos, que os professores devem utilizar para sistematizar e mediar a construção e a reconstrução, do conhecimento em sala de aula.
Partindo desse contexto, compartilho a experiência de um projeto que foi desenvolvido com os alunos da 3ª série do Ensino Médio, que teve como temática " Racionalização de Energia ". Esse projeto contribuiu para que os educandos racinalizassem energia, diminuindo o consumo da mesma dentro e fora da sala de aula.

FRANCISCA FERNANDES disse...

Como mostra Spinelli, as situações de aprendizagem ajuda ao professor a inovar as suas aulas e leva o educando a criar auto-estima e fixar melhor o conhecimento de acordo com o conteúdo apresentado pelo professor. Na nossa Escola no ano de 2007, pudemos comprovar essa teoria através de um Projeto "Teação" elaborado pelo professor de Química, onde junto a alunos de várias séries criaram uma Peça Teatral, onde levavam situações de Experiências de Químicas a Vários outros alunos de outras escolas e nas Cidades circunvizinhas proporcionando um Intercâmbio entre todos. Um abraço a todos e até o próximo encontro.

Eduardo Alves disse...

A tecnologia computacional tem potencial de desenvolver habilidades cognitivas gerais em muitas áreas curriculares, desenvolver novos, e possivelmente, melhores meios de ensino e aprendizagem. A relevância dos computadores é destacada pela capacidade de controle, a habilidade de apresentar, receber, processar e gerenciar informações, atributos estes, que se assemelham às representações e processos envolvidos na aprendizagem humana. Este, em constante interação com o meio ambiente, "aprende" a ser sujeito de sua própria aprendizagem dado que estímulos aos seus esquemas mentais ajudam a elaborar e reelaborar suas tentativas de resolver situações.
Refletindo como uma situação de aprendizagem, posso citar uma viagem de campo para visitar a barragem de castanhão na cidade de Jaguaribara-CE. Na oportunidade foi explorada em matemática, os alunos pesquisaram assuntos como capacidade do reservatório, a quantidade de litros da vazão das comportas e extensão da barragem. Para o ensino, percebe-se a importância da investigação em torno do pensar sobre o pensar, a compreensão do aspecto cognitivo capaz de instrumentar o professor na sua tarefa de facilitador no processo de ensino e aprendizagem junto ao aprendiz.

16 de Julho de 2008 13:02