domingo, 17 de agosto de 2008

RELATO DE EXPERIÊNCIA

Queridos docentes,
Vocês planejaram uma seqüência de ensino usando um objeto de aprendizagem do repósitório do RIVED. Esse plano foi executado na sua escola, com seus alunos e, agora, queremos saber como foi essa experiência. Contem-nos qual foi o tema de sua aula, o objeto utilizado, onde e de que forma ela foi ministrada e avaliada, a interação durante a aula, a aprendizagem ocorrida, os resultados, enfim, tudo o que vocês acham que é relevante destacar.Coloquem, aqui, seus relatos de experiência e leiam os dos seus colegas.
Abraços calorosos!
Socorro e Regina

33 comentários:

Erivânia, Franco e Rejane disse...

TEMA: Probabilidade
PÚBLICO-ALVO: 2° série
OBJETIVO: Desenvolver o estudo sobre a probabilidade da ocorrência de uma experiência aleatória, ou seja, experiências que podem produzir resultados diferentes quando repetidos sob a mesma condição.
RECURSOS:
° Livro didático;
° Laboratório de informática;
° Objeto de Aprendizagem: "Probabilidade: a matemática ao acaso"
METODOLOGIA: Serão desenvolvidas pesquisas na Web, atividades individuais e em grupo, socialização e exposição de dados obtidos.
AVALIAÇÃO: Análise da interação do aluno com o OA e sua progressão com o mesmo, atividades individuais/grupos referente ao conteúdo Probabilidade.


Turma 02 - Matemática >> Erivânia Nóbrega, Franco Cleidson e Rejane Lúcia.

Anônimo disse...

Relatório do que foi trabalhado em sala de aula.

1)Tema: Soluções - estudo das concentrações.
2) Público Alvo: 2ªsérie do ensino médio.
3) Objetivos;
- preparar soluçõe e calcular sua concentração;
- aprender a utilizar diferentes formas de expressão da concentração de uma solução, com utilização dos recursos das TICs;
- construir conceitos a partir do objeto de aprendizagem.
4) Recursos: Durante a aula os alunos tiveram a oportunidade de interagir com o OA acessando o site do proinfo.Em seguida, foram fazendo as escolhas oferecidas dentro do OA para o preparo de suas soluções.
5) Metodologia: De acordo com a proposta de ensino do OA especifico,os alunos analisaram todas as concentrações e seguiram oroteiro de apresentação para o preparo das soluções.
a)escolha de um tipo de concentração pelo qual quer trabalhar;
b)escolha de um composto;
c) escolha da concentração;
d)escolha do volume para o preparo da solução.
A facilidade de navegação com o OA permitem que os alunos verificassem se prepararam corretamente a solução. Para isso, se faz necessário o uso da calculadora, bloco de anotação, lápis, etc.
5) Avaliação:A avaliação do OA efetivou-se de duas maneiras.
- quantitativamente: no momento em que efetuaram os cálculos e fizeram testagem dos resultados.
- qualitativamente: no momento em que explicaram os procedimentos adotados no preparo das soluções, bem como no momento em que tiveram a capacidade de criticar os resultados incompatíveis existentes no OA.
A aula teve duração de 100 minutos e é importante destacar que os alunos tiveram um ótimo desempenho e participação diante da aula.

Nerônica Alves disse...

ATIVIDADE: RELATO DA EXPERIÊNCIA

O plano cartesiano é objeto de localização, utilizado em diversas áreas e situações. Sempre procuro trabalhar de forma interdisciplinar mostrando a sua aplicação, como na geografia (coordenadas geográficas), na Física (no estudo dos movimentos), astronomia e navegação, ou até mesmo em situações do cotidiano como indicadores do desenvolvimento da criança, ou na indicação de um determinado lugar, na manipulação de recursos de computadores como o Excel. Geralmente trabalhado na 1ª serie do médio, no tema funções, com algumas exceções, no fundamental no 7º e 9º anos, recordado na terceira serie em vista da introdução a geometria analítica. Sendo proposto um pequeno histórico sobre a Geometria analítica, destacando o surgimento e criador do sistema de coordenadas, bem como levantamento de alguns pré-requisitos das figuras planas mais conhecidas (circunferência e triângulo, quadriláteros). Esse tema é sempre motivo de dúvidas quanto à localização das coordenadas no sistema.

Diante disso, percebendo que mesmo tendo trabalhado anteriormente, a dificuldade persistia à medida que o conteúdo se aprofundava, havendo sempre a necessidade de retomar a questão. Daí que essa atividade do curso foi uma oportunidade de fazer isso, porem, de maneira diferenciada, já que o recurso seria outro, mais dinâmico e atraente.

Assim sendo, planejei a aula de acordo com o que eu gostaria de melhorar nos alunos, não totalmente como era a proposta do guia do professor. O tempo de uma aula seria o ideal se acaso fosse apenas pra introduzir o assunto, mas no caso em questão foi extrapolado do planejado em virtude de ser a primeira vez que os alunos tinham contato com aquele tipo de aula, como eles mesmos colocaram. A minha primeira tentativa foi na aula de inglês, mas foi meio frustrante, por conta da rede ser muito lenta. Dessa vez, eu me senti insegura, se ia realmente dar certo, se eles iriam gostar, Pedi que eles fossem realmente sinceros ao fazer suas avaliações com relação à aula e a viabilidade do uso desses objetos. Creio que eles estavam tão ansiosos quanto eu, talvez pelo fato de estarmos sendo filmados, a presença da câmera intimidou a eles e confesso, a mim também. Senti-me como se fosse minha primeira aula e foi. Mas ocorreu tudo normal dentro das nossas possibilidades.

Logo ao término da aula fiz minha avaliação verbalmente, destacando que alguns desistiram de tentar, quando erravam, e acabam fazendo outras coisas no PC. Sendo que vez por outra eu incentivava a retomar a atividade. Mas outros vibravam empolgados quando acertavam. Percebi também que ainda há uma grande deficiência no desenvolvimento de leitura e interpretação, mostrando dependência do professor pra isso, até mesmo pela falta de iniciativa de uns enquanto outros se adiantavam sem qualquer explicação previa. Um ponto negativo foi o espaço da nossa sala que era pequeno mesmo com a falta de alguns alunos. Eles reconheceram que a idéia era válida e que certamente, queriam tentar de novo, quem sabe com outras disciplinas. Já estou pensando em algum pra minha aula de inglês.

Com relação ao guia, ele foi fundamental pra preparação da aula, as dicas, a forma de elaboração simples e objetiva. Poderia ser utilizado também em turmas de primeira série pra fixar o conteúdo. Pra terceira, o AO poderia ter mais variantes, como a presença das figuras no plano, sendo traçadas pelo movimento.

Por fim, foi uma experiência maravilhosa que me fez pensar em colocar em prática o desejo de especializar na área de educação matemática, agora voltada pra criação de pequenos softwares, e que fazem a diferença pra nossa aula.

ahhh a aula foi executada em 29.08
teh mais pessoal.

LUCIENE MARIA disse...

TEMA:Sexo ou não.
ASSUNTO:Métodos Anticoncepcionais
PÚBLICO-ALVO:1a.série
OBJETIVO:Mostrar a importância do uso dos métodos anticoncepcionais, para que possa ser evitadas futuras doenças sexualmente transmissíveis e gravidez indesejada.
RECURSOS:Sala de informática, objeto de aprendizagem,panfletos e apostilas.
METODOLOGIA:Cartazes, tipos de métodos anticoncepcionais.

TURMA:02 BIOLOGIA, LUCIENE MARIA

Anônimo disse...

Relato da experiência

Diante de uma sociedade em constantes transformações, onde milhares de informações são processados constantemente, o uso da tecnologia da informação em sala de aula torna-se um recurso indispensável para melhor êxito da aprendizagem.
O Tema: Poluição atmosférica, debatido na 1ª série A da escola Zenilda Gama, Com o Uso de um AO para reforçar o conteúdo ministrado, foi uma experiência relativamente gratificante, os alunos tiveram a oportunidade de resolver algumas situações problemas resultante da poluição atmosférica e assim descobri soluções práticas para determinados problemas da poluição do ar.
Em tudo fica uma certeza, com a conclusão desse curso, torna-se indispensável o uso da informática como uma forma de aumentar o interesse do aluno pelos conteúdos, bem como pelas aulas, consequentemente melhorando a aprendizagem.
Um abraço a todos.

Antonio Fenandes.

Antonio Fernandes. disse...

Relato da experiência

Diante de uma sociedade em constantes transformações, onde milhares de informações são processados constantemente, o uso da tecnologia da informação em sala de aula torna-se um recurso indispensável para melhor êxito da aprendizagem.
O Tema: Poluição atmosférica, debatido na 1ª série A da escola Zenilda Gama, Com o Uso de um AO para reforçar o conteúdo ministrado, foi uma experiência relativamente gratificante, os alunos tiveram a oportunidade de resolver algumas situações problemas resultante da poluição atmosférica e assim descobri soluções práticas para determinados problemas da poluição do ar.
Em tudo fica uma certeza, com a conclusão desse curso, torna-se indispensável o uso da informática como uma forma de aumentar o interesse do aluno pelos conteúdos, bem como pelas aulas, consequentemente melhorando a aprendizagem.
Um abraço a todos.

Antonio Fenandes.

Edson Fernandes turma 08 disse...

Edson Fernandes
O conteúdo ministrado na sala do 1°ano ensino médio foi sobre estrutura atômica onde de inicio discutiu-se teoricamente o assunto e em seguida realizou-se algumas experiências práticas sobre fenômenos elétricos relacionados com o cotidiano dos alunos dessa maneira os mesmos perceberam que havia uma relação entre matéria e eletricidade proporcionando uma interação significativa entre o conhecimento teórico e o prático. Em seguida fomos para sala de informática onde os alunos tiveram contato com o objeto virtual de aprendizagem confrontando seu conhecimento com a animação computadorizada.
A execução da aula foi de grande importância dentro do contesto ensino aprendizagem, pois possibilitou uma nova experiência no cenário educacional possibilitando um novo caminho de aproximar a teoria com a prática. Dessa forma pode- se perceber algumas dúvidas que dentro da sala de aula não foi detectado. A animação propiciou uma visão bem realista a cerca do conteúdo discutido em sala como, por exemplo: a visão do fluxo luminoso dentro da ampola de vidro permitiu uma reflexão realista e aprofundada antes vista apenas no livro didático como fotografia estática. A partir desse momento percebo uma maior reflexão dentro do conteúdo ministrado.

CRISTIANE DE CARVALHO FERREIRA LIMA disse...

PLANO DE AULA

CURSO: CAPACITAÇÃO DOCENTE NA UTILIZAÇÃO DE SOFTWARE COMO MATERIAL DE APOIO PEDAGÓGICO
DISCIPLINA: BIOLOGIA
MÓDULO 29: HISTÓRIA DO PENSAMENTO EVOLUTIVO. EVOLUÇÃO I
SÉRIE: 3° ANO
PROFESSORA : CRISTIANE DE CARVALHO FERREIRA LIMA


Conteúdo:
• A teoria da evolução e seu desenvolvimento.
• As evidências da evolução.

Objetivo Geral:

• O aluno deverá ser capaz de: compreender as teorias sobre evolução biológica, e as teorias da origem da vida, elaborando críticas às hipóteses propostas.
• Reconhecer e caracterizar as principais evidências evolutivas.

Metodologia:

• Aula expositiva e dialogada;
• Utilização da sala de informática;
• 5 horas/aulas
• Recursos audiovisuais (transparências e filme : Vestibulando Digital.)
• Textos, jogo e debate.


Avaliação:

• O aluno será avaliado através da participação e interação na realização do debate e jogo, e na construção de um texto adotando sua postura crítica sobre a o conteúdo estudado.


Referência Bibliográfica:

• Amabis, José Mariano & Martho, Gilberto Rodrigues . Biologia das populações. 2. ed – São Paulo: Moderna, 2004.

José Luís disse...

DISCIPLINA: Química
ASSUNTO: Química Orgânica, Elementos
TEMA: Hábitos Alimentares
PÚBLICO ALVO: 3ª Série
TEMPO: 3 AULAS
JUSTIFICATIVA:
No mundo atual, o alimento é uma questão cidadã,sendo considerado não apenas como meio de sobrevivência, mas também como meio de participação social e realização humana.
OBJETIVOS:
* levar o aluno a questionar os hábitos alimentares atuais;
* reconhecer a análise calorica de alguns alimentos;
* informar e sensibilizar o aluno sobre os problemas gerados pela má alimentação(falta e excesso).
RECURSOS:
* livro didático;
* laboratório de informática;
* objeto de aprendizagem: química dos alimentos.
METODOLOGIA:
* exposição do tema e formação dos grupos;
* uso do livro didático;
* uso do laboratório de informática;
* socialização da pesquisa.
AVALIAÇÃO:
Observação do envolvimento e interaçãos dos grupos e de cada aluno com os recursos utilizados e análise dos resultados sobre o tema.

Turma 14 Geraldo Moises de Andrade disse...

TEMA: Matemática Financeira

PÚBLICO-ALVO 1ª Série E.Médio

OBJETIVOS:
Desenvolver conhecimento básicos de Matemática Financeira para avaliar e resolver problemas envolvendo porcentagens taxas, períodos, montantes, juros simples e compostos.

RECURSOS:
Livros Didáticos, noticias em jornais e revistas sobre o assunto, lapis, cadernos, borrachas, etc.

METODOLOGIA:
Aulas Expositivas. Simulação de uma Casa Bancária, a onde os alunos faziam seus empréstimos e aplicações em poupanças.

AVALIAÇÃO:
Participação dos alunos nas atividades, atividades individuais ou em grupos.

Lazaro Gama, Turma 8 disse...

Tema: Matrizes no dia-a-dia
Relatorio do que foi trabalhado em sala de aula.
Na sala de aula a apresentação do conteúdo com a ajuda de várias tabelas foi bem mais fácil para a comprensão dos alunos.
Na sala de informática os alunos ficaram realmente bem mais interssados em ver como as matrizes fazem parte do dia-a-dia deles bem mais do eles pensavam.
Quando abrimos o programa excel os alunos construiroam tabelas e tiveram a comprovação que o próprio programa se tratava de uma matriz. Visitamos va´rio sites de informações que usam tabelas para dar alguma informação e encontramos alguns problemas que eles tentaram e conseguiram resolver por meio de sistemas lineares.
Esses problemas e outro propostos em sala serviram como um dos critérios de avaliação.
Foi uma aula bem mais provitosa e agradável, palavras dos próprios alunos.

francileide disse...

matemáticaTurma 14
TEMA:Probabilidade
PÙBLICO-ALVO:2º ano(ensino médio)
OBJETIVO:Interpretar o problema proposto,calculando através da fórmula e reconhecer uma permutação com e sem repetição.
RECURSOS:Livro Didático
Computadores
Objeto de Aprendizagem
METODOLOGIAS:Levear o aluno a descobri quantos anagramas tem o seu próprio nome e socializar com a turma.levar os alunos a realizar as atividades do OA referentes ao assunto abordado.
AVALIAÇÃO:Através da participação e interção do aluno com o objeto,além de atividade individual.
TURMA DE MATEMÁTICA 14:Francileide,Kaio,Lamarck,Wendel,Luis Lopes,Lúcia Rodrigues,Geraldo Moises e maria da Conceição.

Ana Maria disse...

Relatório do que foi trabalhado em sala de aula.

TEMA: Fluídos: dencidade (óleo e água)
PÚBLICO-ALVO: 2° série
OBJETIVO: conhecer o conceito de dencidade.
RECURSOS:
*Laboratório de informática;
*Livro didático;
*Balança de dois pratos;
*Copo de bleker
*Óleo e água
METODOLOGIA: Elaborar um slide e travéz dele o professor irá mediar o aluno na sua aprendizagem, seguindo os seguintes procedimentos: Leitura de um texto: A dencidade das substâncias, aula expositiva falando que a densidade é uma propriedade física que relaciona a massa de uma substância com o volume por ela ocupado, por meio de uma razão (divisão).
Utilizando o slide os alunos irão observar desenhos contendo a figura de um copo de bleker com água e óleo em outro.
Observar também a figura de uma balança de dois pratos pesando a água e o óleo.
Pedir aos alunos para observar o equilíbrio da balança e que anotem suas observações para identificar a densidade das substância e elaborem um relatório contendo desenhos esquemáticos do esperimento realizado.
AVALIAÇÃO: Atravéz do roteiro do procedimento e observações feitas os alunos deverão ter conhecimento de conceito de densidade.

Franco Cleidson disse...

A aula de Estatística do grupo de matemática foi ministrada com sucesso e o rendimento foi bem maior do que em aulas que aconteceram com o mesmo assunto, só que,sem ajuda dos objetos de aprendizagem, o que já era esperado, os Objetos de Aprendizagem facilitam muito o repasse do conteúdo, aumentando assim, o nível de aprendizagem.

TURMA 11 - ADAÉCIO disse...

Tive dificuldades para aplicação da aula com o objeto de aprendizagem por vários motivos: 1)dos objetos consultados no Cd, apenas um de assunto do 1o ano do ensino médio se aplicava aos conteúdos trabalhados em sala no momento; 2)as aulas das duas turmas desta série que tenho estão conturbadas pelo próprio curso (visto que se estou no curso não estou na sala, é um mal necessário), pelo momento político que enfrenta a minha cidade e pelo fato de as aulas de uma dessas turmas ser nos últimos horários da sexta feira de uma turma advinda do EJA; 3)Se já não bastasse aconteceram problemas técnicos na gravação do cd para as máquinas do laborátório de informática da escola, trazendo a impossibilidade dos alunos visualizarem o objeto, visto que devido à baixa velocidade da internet local, não consegui que visse pela rede.

Enfim, como eu já conhecia o objeto, acabei tendo que dar uns encaminhamentos-esquemas de como utilizar o objeto, e pedi que procurassem computadores de colegas (aqueles que não tem), fizessem em grupo, e efetuassem as simulações das situações e anotassem as conclusões. Na aula seguinte encaminharei os resultados com eles e mostrarei o mapa conceitual, pedindo que construam um outro como avaliação, além das anotações que fizeram.

Anônimo disse...

Relato do tema a ser trabalhado em sala de aula.

TEMA História de Mendel e das suas observações.
DISCIPLINA: Biologia
PÚBLICO-ALVO: 3ª série
OBJETIVO:Compreender que as experiências de Gregor Mendel sobre os cruzamentos por ele realizados com ervilhas foram de fundamental importância para que se pudesse entender a hereditariedade entre os seres vivos.
RECURSOS:
# livro didático;
#laboratório de informática;
METODOLOGIA:Exposição do conteúdo a ser trabalhado,pesquisas na Web,atividades individuais e grupais, socialização do tema em debate.
AVALIAÇÃO: A avaliação é feita a partir do momento que o aluno começa a interagir com OA e pela sua progressão durante todo o tempo de estudo do conteúdo trabalhado.
A aula foi programada para 90 minutos.
Não foi possível a realização da aula em virtude do momento que antecede as eleições municipais, e a minha candidatura a um cargo eletivo no município que leciono. Tive que me afastar de sala de aula. Mas, a minha ética faz com que eu assuma o compromisso de repassar O que aprendi durante o curso, de forma que as aulas possam ser cada vez mais prazerosas para todos os meus amados alunos.

ELÓI

Anônimo disse...

Juacylene - Turma 14

RELATO DE EXPERIÊNCIA

Durante a exposição sobre Reprodução Humana a turma ficou bastante entusiasmada com a dinâmica realizada , apresentando interesse pela temática, participando ativamente de todo o percurso metodológico planejado para o referido tema, com questionamentos e acopanhamento de todas as etapas do plano de aula.
Foi possível observar que quando utiliza dinâmicas como introdutório permiti uma melhor participação e compreensão do tema abordado.
Desde modo a aula foi bastante produtiva e planejada de acordo com os recursos didáticos disponíveis, principalmente com uma preparação criteriosa do que seria exposto e informado aos alunos, para que não ocoresse distorções ou interpretações erronia sobre a temática destacada, já que se trato de um assunto bastante complexo por está diretamente relacionado com a sexualidade humana.

HERMES AIRES DE CARVALHO disse...

- RELATO DA EXPERIÊNCIA:

A aula executada teve como Tema: Estudo dos Movimentos dos corpos, especificamente movimento uniforme, usando o computador x internet como objetos de aprendizagem para o assunto trabalhado.
A realização da aula deu-se no Laboratório de informática. Para isso, a turma composta de 42 alunos foi distribuída em grupos de três componentes para o desenvolvimento das tarefas propostas. A explanação da aula foi direcionada pelo professor regente, bem como acompanhada pelo professor do Laboratório de Informática, este orientando os passos que deveríamos seguir na referida pesquisa.
A turma se comportou dentro de um clima de motivação, fazendo uso do computador e das ferramentas de aprendizagem relacionadas com o tema, sendo assim, o resultado foi satisfatório na compreensão e na aprendizagem do conteúdo específico. Portanto, é inegável que o uso da máquina neste aspecto é de fundamental relevância quando a mesma é operada com objetivos definidos torna-se uma facilitadora no processo ensino aprendizagem.

LUIZ LOPES disse...

- RELATO DA EXPERIÊNCIA:

Usar o Laboratório de Informática na escola significa criar um ambiente virtual de aprendizagem. É também no Laboratório de Informática que o aluno encontrará oportunidades de aprendizagem no contato com os equipamentos eletrônicos. Assim, os alunos assimilam melhor o conteúdo trabalhado na pesquisa que tiveram que realizar. Dessa forma, estão aprendendo a informática e estão aprendendo a aprender. A imaginação e a criatividade atribuem um aspecto lúdico ao computador o que o torna de produto científico-tecnológico, em um grande brinquedo de aprender.
Sabe-se que a motivação existe para propiciar prazer em qualquer tarefa que venha a se desempenhar. O computador é essa motivação prazerosa que permite a imaginação do aluno expressar-se diante das diferentes imagens que lhe é apresentada, levando-o a reorganizar o mundo na tela do seu computador.
O aluno interage, vê, participa, jogando simbolicamente com diferentes imagens. E graças a internet, é possível ter uma vitrine do mundo e descobrir o que acontece em toda a parte.
O trabalho pedagógico foi desenvolvido em parceria com o Professor de Física numa turma de 1º Ano – Curso: Secretariado, quando estes foram encaminhados a pesquisar sobre Estudo dos Movimentos dos corpos, especificamente movimento uniforme.
A minha participação foi a orientação no uso dos sites relacionados ao conteúdo, bem como acompanhar o desenvolvimento das tarefas propostas conjuntamente com o professor regente. Logo, compreende-se que o trabalho coletivo facilita uma forma de viabilizar a aprendizagem dos educandos.

Paulo Gutemberg disse...

Tema: transformação Isobárica e Funçaõ do 1º grau.
Objetivo: mostrar a interdisciplinaridade entre a física e a matemática, fazendo uma contextualização com situção problema no nosso cotidiano.
Procedimento; Junto com o alunado explorar gráficos, retas, volumes e temperatura.
Nos processos isobáricos de uma dada massa de um gás ideal, o volume e a temperatura são diretamente proporcionais.
sugestões: O aluno deve escrever que trata-se de uma transformação isobárica(pressão constante), uma vez que ono gráfico temos uma reta, onde o volume ea temperatura são diretamente proporcionais. Aplicar a fórmula da Lei de Charles e gay-Lussac.

Jorge, Pessoa neto e Paulo Gutemberg. disse...

Tema : espelhos de Gauss
Público-alvo; estudantes do 2° grau.
Objetivo: Mostrar a geometria dos raios de Luz em espelhos curvos , bem como as diferentes imagens formadas ao longo do eixo principal.
Recursos:
*Régua, transferidor e papel.
*Laboratório de informática
*O objeto de aprendizagem espelhos de Gauss.
Metodologia: Os estudantes montam gráficos num papel e traçam raios de luz(Retas) condizentes com a geometria dos espelhos esféricos, eles devem verificar as características da imagem formada. No objeto de aprendizagem a turma fará uso das diferentes posições do objeto em frente ao espelho e confirmará o que encontrou em sala.
Avaliação; Será avaliada o empenho durante a atividade e a possível comprovação ou identidade entre o desenho em sala e o onjeto de aprendizagem.

Diógenes disse...

DISCIPLINA: Química
TEMA: Estudo dos Gases
PÚBLICO-ALVO: 2º Período, EJA Ensino Médio

Os alunos participaram de forma positiva com bastante assiduidade em relação aos conteúdos ministrados. Compreenderam como se relacionam as variáveis: volume, pressão e temperatura. Formularam várias opiniões sobre o DVD explorado que relatou sobre o aquecimento global e o efeito estufa. Diante do que foi exposto, podemos concluir que todas essas catástrofes naturais é conseqüência dos gases poluentes produzidos pela ação do ser humano, seja ela causada pelas indústrias, pelos automóveis etc.

auciélia disse...

O Objeto de aprendizagem de título “Não me sinto bem” que aborda doenças como: dengue, Aids, doença de chagas; utilizado por mim em uma turma de 2º ano de Ensino Médio demonstrou uma grande interatividade entre aluno e objeto e entre os próprios alunos. Por ser um jogo, este testou o conhecimento dos alunos sobre o tema abordado de maneira clara, ilustrativa, contextualizada, o que facilitou o uso do objeto pelo aluno. O clima de competição tornou a aula mais empolgante e envolvente. Foi uma ótima maneira de avaliar um conteúdo muito importante para a qualidade de vida da população uma vez que as doenças abordadas no OA podem ser evitadas por mio de atitudes individuais e melhoria nas condições saneamento básico, uma vez informados sobre o assunto nos alunos podem se tornar cidadãos mais críticos e atuantes. A seqüência de ensino utilizada nessa aula esta mo link destinado a ela.

deverra78 disse...

OBJETO DE APRENDIZAGEM: DECIFRANDO MAPAS.
PÚBLICO ALVO: 1° SÉRIE

A minha experiência se deu agora, por alguns motivos pessoais. Foi uma aula proveitosa, onde pude despertar nos alunos, através do objeto, a curiosidade e a vontade de realizar as questões apresentadas pelo objeto. Se mostraram muito a vontade com a aula e demonstraram mais interesse que nas aulas normais. Com o objeto, pudemos trabalhar de forma mais visível os assuntos: Plano ortogonal, distancia entre dois pontos, cálculos referentes a descobertas das velocidade e horários dos ponto apresentados, etc. Tivemos algumas dificuldades no manuseio do objeto, devido a falta de prática dos alunos com o pc, mas que com certeza iremos superar isso com mais visitas a sala de informática, agora mais preparados pela capacitação do RIVED, que concluímos.

Turma: 11
Prof. DERCIO AVELINO

Um abraços a todos da minha turma, em especial as professoras Socorro e Regina.

meire lucia disse...

Trabalhei com a 2ª série do ensino médio, o tema óptica. Utilizando-se do objeto cor e luz, através da simulação do disco de Newton, os alunos puderam comprovar que a luz branca é na verdade, formada pela mistura de todas as cores, e ainda, que o inverso também acontece. Foi uma experiência maravilhosa, pois, proporciou aos alunos grande entusiasmo por ser uma aula diferente na qual,os mesmos puderam experimentar uma nova forma de aprendizagem.

Geraldo Moisés de Andrade disse...

TEMA: Matemática Financeira
PÚBLICO-ALVO: 1ª Série do E. Médio

RELATO DE EXPERIÊNCIA
A Mátemática Financeira é uma ferramenta útil na análise de algumas alternativas de investimentos ou financiamentos de bens de consumo.
O tema foi bastante privilegiado pelos alunos por se tratar de um tema de extrema importância no dia-a-dia das pessoas. Os alonos chegaram a questionar: é triste saber que uma pessoa que concluiu o ensino básico não sabe tomar uma decisão de compra à vista ou a prazo.
Foi simulado uma Casa Bancária para que os alunos tomasemm conhecimentos sobre emptréstimos e aplicação em cardeneta de poupança. Foram dodos exemplos de problemas envolvendos juos simples, juros compostos, taxas percetuais etc. Avaliacão foi feita pela participação nas atividades e interesse pela o assunto, trabalho individual ou em grupo.

Francisco Ocelino disse...

Diante da problemática da educação brasileira e a sociedade passando por diversas transformações em todas as áreas, onde tudo é preciso inovar, o uso da tecnologia, da informática dentro da sala de aula torna-se uma ferramenta indispensável no cotidiano do professor para melhor êxito e estímulo da aprendizagem. trabalho na Escola Estadual Professor Gerson Lopes na Cidade de Apodi/RN. O público alvo da minha experiência foi com alunos da 1ª série, com o tema chuva ácida, nela foi mostrado um vídeo sobre o assunto e depois começamos a indagar sobre certas questões:
. É possível existir chuva ácida em nossa região com prejuízos?
. Por que toda chuva é ácida?
. Quais os efeitos negativos que a chuva ácida pode trazer?.
Diante do fato da experiência, com o uso de uma nova ferramenta na sala de aula, posso afirmar que a aula fica mais atraente, dinâmica e participativa.
Um abraço a todos.

João Batista, Turma 08 disse...

RELATO DA EXPERIÊNCIA

A realização da experiência foi um sucesso. A experiência trabalhava Movimento Uniformemente Variado num plano Inclinado. Primeiro eu dividi a turma em pequenos grupos e ensinei como cada grupo teria que fazer para desenvolver o seu próprio Plano Inclinado.
Dessa forma, o resultado foi bastante satisfatório em todos os sentidos. Todos os grupos ficaram entusiasmados para construir o material de estudo. A interação entre os componentes foi muito interessante.
Depois que todos os grupos construíram seu Plano Inclinado, eu como professor, mandei que todos os grupos demonstrassem como realizar na prática o cálculo da Aceleração Escalar Média duma bolinha que desce o plano inclinado e a Velocidade da bolinha no final do plano inclinado.
De modo geral, o resultado foi satisfatório, tanto pala curiosidade despertada sobre o assunto, quanto pelo empenho e dedicação na atividade desenvolvida em sala de aula.

Glicério disse...

Glicério – Turma – 11
Tema: Educação Sexual
Título: O que sexo?
Público Alvo: 2ª Série do Ensino Médio
OBJETIVOS:
• Compreender a importância da biologia no desenvolvimento de metodologias para o estudo da sexualidade.
• Avaliar a diversidade humana de acordo com os modernos conhecimentos da Biologia em relação Ao sexo.
• Mostrar a importância do uso dos métodos anticoncepcionais, para que possa ser evitadas futuras doenças sexualmente transmissíveis e gravidez indesejada.
• Reconhecer a importância da sexualidade em nossa vida
• Discutir e aprofundar os conhecimentos sobre sexualidade


METODOLOGIA:
• Diagnóstico do conhecimento dos alunos sobre sexo;
• Inicie uma aula com discussão sobre como pesquisar a variabilidade biológica de uma mesma espécie. Destaque que os métodos são diversos, partindo da morfologia externa ou do material genético.
• O que eles entendem por educação Sexual;
• Diferentes reportagens sobre o tema Sexo e foi solicitado que os alunos escolhessem uma delas, para leitura e depois fazer o registro das principais informações;
• Dividi a turma em dois grupos e determinei um deles seja a favor do uso de anticoncepcionais e outro contra;
• Cartazes, tipos de métodos anticoncepcionais.
• Objeto virtual de aprendizagem,

MATERIAIS
• Uma ( caixa, com uma fenda na tampa, para que os alunos coloque suas perguntas).
• Uso do computador:
• Objeto virtual de aprendizagem;
• Simulação e registro de observações pelos alunos;
• Filme

AVALIAÇÃO:
• Observação do interesse e participação dos grupos temáticos sobre a temática;
• Realização das questões relacionadas ao assunto abordado;
• Relatório de cada aluno sobre a aula.

Lindomar disse...

Lindomar- E.E. Francisco de Assis da Silva em Serrinha dos Pintos/RN.

Tema: Os mistérios da chuva ácida
Público Alvo: 1ª série
Objetivo: Desenvolver a capacidade de reconhecer a diferença entre íons, átomos e moléculas.
Perceber a importância da preservação ao meio ambiente, consientizando a população sobre como evitar a poluição, as queimadas desnecessárias e o extravio da água potável.
Recursos:
* livro didático;
* laboratório;
* Objeto de aprendizagem: "Os mistérios da chuva ácida".
Metodologia: através de pesquisa em outros livros didáticos e na internet, algumas atividades individuais e em grupo,e soicalização dos resultados.
Avalição: através de observação durante a socialização do tema em questâo na sala de aula e também através de relatório feito em grupo de 05 componentes.

Comentário geral: Trabalhei com certa dificuldade devido poucos alunos terem domínio da máquina, mas ao final pude perceber que o rendimento foi bastante positivo, pois os alunos participaram mais das aulas e se empolgaram muito mais do que nas aulas de prache. acredito neste mundo virtual e tenho certeza que as curiosidades fluem mais rapidamente e o gosto pela leitura e aprendizagem aumentam gradativamente.

alderina disse...

TEMA: Estrutura atômica

PÚBLICO ALVO: 1ª série

OBJETIVO: Mostrar a evolução da estrutura atômica ao longo da história e a importância dessa evolução para o nosso cotidiano.

RECURSOS: Livro didático e laboratório de informática.

METODOLOGIA: Comentários durante a leitura sobre os modelos atômicos no livro didático. Aplicação do Objeto de Aprendizagem para melhor fixação do conteúdo.

AVALIAÇÃO: Na sala de aula e no laboratório de informática foi feito observações e anotações sobre a participação do aluno e sua interação com o objeto de aprendizagem. Durante a aplicação do O.A. os alunos tiveram a oportunidade de refazer os experimentos para melhor compreensão.

Glicério disse...

Relato de De Experiência

Glicério – Turma – 11
Relato de De Experiência
Tema: Educação Sexual
Título: O que sexo?
Público Alvo: 2ª Série do Ensino Médio
Ao iniciar a exposição sobre temna "O que Sexo?" A turma ficou bastante entusiasmada com a dinâmica realizada , apresentando interesse pelo tema,apesar de encontrar grande dificuldade mo domínio do computador,mas teve uma participação ativa de todos o que na realidade houve maior participação na aula motivo pelos recursos tecnológicos e pela metodologia planejada para o estudo do tema, com questionamentos e acopanhamento de todas as etapas do plano de aula.
Desde modo a aula foi bastante produtiva atingindo os objetivos almejados de acordo com os recursos didáticos disponíveis, principalmente com uma preparação criteriosa do que seria exposto e informado aos alunos, para que não ocoresse distorções ou interpretações erronia sobre o tema destacado, já que se trato de um assunto bastante complexo por está diretamente relacionado com a sexualidade humana.
De uma certa forma os recursos vistuais faz que com que os alunos reflitam mais rápido e desperta o interesse pela aprendizagem embora que em processo gradativo

Divamar disse...

Tema: Labirinto das operações
Tema: Labirinto das operações
Público alvo: Alunos da 1ª série do ensino médio
Esta atividade desenvolve várias competências no aluno como:
* Expressar-se com clareza, utilizando a linguagem matemática;
* Assumir papéis interdependentes, opostos e cooperativos;
* Desenvolve o raciocínio lógico e é prazeroso;
* Revisar as operações com frações.

- Recurso: lápis, papel, um tabuleiro, macadores de xadrez ou um grão de feijão.
- Metodologia: exposição oral.
Dividi a turma em grupos de 2 e distribui para cada dupla o tabuleiro e tampas de garrafas, expiquei as regras e o jogo começou. A maioria dos alunos tiveram dificuldades por causa das frações.Aproveitei para revisar as operações com frações e eles começaram a entender melhor, pois os mesmos queriam jogar e isso estimulou os mesmos a prestar mais atenção.Essa atividade foi bastante proveitosa e eu pude observar que houve aprendizagem.